• facebook-monitorias
  • instagram-monitorias
  • linkedin-monitorias

Principais cidades

© 2018 Monitorias Serviços Digitais Ltda.

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

O hábito de estudo fora da escola

17 Aug 2017

 

 

Parece o fim do mundo pedir ao seu filho para que além das tarefas ele também garanta um tempinho para estudar ou se aprofundar nos conteúdos que está absorvendo em sala, não é mesmo?

 

Sim, garanto que sim.

 

Os nossos jovens têm um montão de atrativos, um montão de opções para matar o tempo. Vivemos no mundo da ultra informação em tempo real, mas pouco envolvimento com o conteúdo. Por essa razão, garantir um hábito de estudo, é estimular o aprofundamento do ensino.

 

Não é só para fazer tarefas que o aluno deve deixar de jogar, escutar música, mexer no computador ou no celular. Há necessidade de um tempo para o estudo em casa, e o mesmo pode envolver os conteúdos da escola ou não. É importante que nossos alunos absorvam as matérias estudadas, mas que também construam repertório.

 

Neste sentido, os pais possuem grande influência, pois podem sugerir a leitura de uma matéria em alguma revista de vertente histórica ou cientifica; ou ainda sugerir um documentário, algum filme interessante, o qual direta ou indiretamente reflita algum aspecto histórico, subjetivo, enfim.
 

Isso é conhecimento de vida: as experiências que ensinam sem obrigatoriedade.

 

Para fomentar essa disposição extra ao estudo é indispensável que os pais sejam bastante persistentes, pois pode haver muita relutância; estabelecer um tempo curto para tal prática, mas aumenta-lo, aos poucos; ou seja, começar com 20 minutos e acrescentar quinzenalmente dez minutos, até que, pelo menos, ele se dedique a este momento de estudos, por no mínimo uma hora.

 

Ora, há preceitos linguísticos que indicam que a repetição convence. Isso quer dizer que podemos ter esperança ao desejar que as crianças e adolescentes possuam trocar o hábito de se dedicar a grupos de WhatsApp pela leitura de um bom livro de aventura ou a alguma série histórica. Quem sabe?

 

Livros são imprescindíveis neste processo, mas é fundamental que se estimule a percepção visual, seja na observação de uma fotografia, quadro ou filme. O mundo está num momento em que o sentido da visão é bem quisto e ao mesmo tempo banalizado, pois as visões sobre uma imagem se esgotam muito rápido e não se aprofundam.

 

Que tal começar hoje mesmo a incentivar que seu filho se dedique um pouco mais, incentivá-lo a buscar conhecimento além do que ele apreende na escola?

 

O mundo do conhecer e saber pode ser uma descoberta maravilhosa...
 

Please reload